Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Héstia

26.09.04

Era irmã de Zeus e, tal como Atena e Artemisa, virgem. Não é propriamente uma personalidade destacada nem desempenha quaisquer papéis de relevo na mitologia. Era a Deusa da Lareira, o símbolo do lar, para junto da qual os recém-nascidos tinham de ser levados antes de serem recebidos pela família. Todas as refeições começavam e acabavam com uma oferta à deusa. Héstia, em todas as moradas dos homens e dos imortais É tua a honra maior, o primeiro e último doce vinho Oferecido na festa, deitado para ti como é devido. Nunca sem ti podem os deuses ou os mortais festejar. Todas as cidades tinham também uma fogueira pública consagrada a Héstia, onde a chama nunca devia extinguir-se. Quando se estabelecia uma nova colónia, levavam consigo brasas da lareira da cidade-mãe, com as quais atiçavam o fogo da nova cidade. Seis sacerdotisas virgens, as Vestais, tinham a seu cargo os cuidados da fogueira de Roma.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Vitinha a 26.09.2004 às 18:57

Bem e kal o contacto dele é ke kria encomendar uns festejos para kando o BEnfica for campeão!!!

Comentar post



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e dois anónimos interessados nestes temas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog