Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Segundo o mito, Astérion era esposo de Europa, a mesma mulher que fundou a civilização de Creta e que se tornaria a primeira monarca da ilha. Até aqui, a história é já conhecida e não apresenta qualquer surpresa.
Apesar de uma tal predibilidade, a continuação do mito apresenta-nos algumas dúvidas bastante curiosas. De acordo com alguns dos mitos, Astérion também era o nome dado ao Minotauro, uma das mais famosas criações que a ilha tinha para oferecer. Esta igualdade de nomes permite-nos teorizar uma relação entre ambos, de forma que ambas as figuras até se podem confundir e tornar uma só.
Deste modo é-nos possível pensar se Europa não terá casado com o hediondo Minotauro, que tendo em conta a mais famosa versão do mito os faria parentes de sangue, numa relação em que a famosa heroína seria avó adoptiva do monstro, bem como amante do mesmo.

Analisando esta teoria, há que ter em mente que os casamentos que efectuavam numa idade muito anterior à actual. Assim, vamos presumir que todos os intervenientes teriam 15 anos, na altura dos respectivos casamentos. Isto daria uma idade de 45 anos a Europa, que lhe permitiria casar com o Minotauro quando este tivesse uma idade de apenas 15 anos. Tal situação poderia obviamente ocorrer, mas devido à rigidez excessiva da regra assumida acima, é demasiado improvável.Deve-se ter em conta que a figura de Europa parece desaparecer por completo durante o reinado de Minos, um dos seus três filhos, ausência que dá a entender uma possível morte, invalidando esta teoria.
Vendo a questão de outro prisma, a atracção desta monarca pelos bovinos era já conhecida, como pode ser visto no mito que a liga a Zeus, o que possibilitaria uma relação entre a mesma e curiosa criatura que viria a habitar a ilha de Creta. Contudo, continua a existir a problemática de uma cronologia errónea, em que demasiado é assumido sem provas.

Um pormenor muitas vezes ignorado é a falta de informação sobre o próprio Astérion, que apesar de se ter casado com a famosa Europa é uma figura demasiado ausente, relativamente à qual pouco se sabe. Será talvez esta a maior falha da teoria que aqui se propõe, um problema que nos leva a uma provável solução: a existência de uma personagem que toma este nome  torna-se improvável, se a considerarmos como marido de Europa. Poderá ter sido uma adição tardia ao mito, sob a forma de um nome que se viria a confundir, mais tarde, com o do famoso Minotauro.
Assim sendo, é improvável a existência de uma relação, em termos amorosos e sexuais, entre esta besta e Europa, existindo apenas uma confusão nos nomes de dois personagens que, a meu ver, são totalmente distintos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Cris Rodrigues a 30.04.2007 às 15:33

Visitei pela primeira vez o teu blog e gostei muito!Está muito bem esclarecido...Para além da história,arqueologia gosto muito de mitologia...Estes 3 temas,para mim,completam-se.
Meus parabéns por este fantástico blog e continua!
Boa semana.

Comentar post



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.
Licença Creative Commons



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog