Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Confesso que tinha um artigo sobre a Mitologia Egípcia planeado para hoje mas, no espírito das "Novas 7 Maravilhas do Mundo", resolvi escrever um artigo sobre as já desaparecidas maravilhas, até porque um criança de 10 anos faria melhor trabalho do que aquele que foi apresentado na televisão portuguesa.

Após pensar bastante no assunto, achei que não me seria correcto fazê-lo sem deixar bem clara a minha posição em relação ao evento de hoje, pelo que tentarei ser breve:


Deixando isto de uma forma muito clara, uma tal eleição é simplesmente ridícula. É, a meu ver, impossível comparar o Coliseu de Roma, um edifício com mais de 1500 anos, com o  Castelo Neuschwanstein ou a Estátua da Liberdade, monumentos com menos de 200 anos. Tais escolhas remetem-se a meras formalidades, possivelmente dadas para promover um ou outro monumento.
Sinceramente, será que algum Americano vai escolher as Estátuas da Ilha da Páscoa em detrimento da tão patética Estátua da Liberdade? Duvido!
Será que os habitantes do Camboja, grande parte dos quais nem deve saber o que é um computador, virá à internet para votar em Angkor Wat , ou seja no que for? Duvido!
Cristo Redentor? Bem, se é para votar nesse monumento, porque não se vota no tão lisboeta Cristo-rei ?
Claro que compreendo os benefícios de uma votação online, mas nem toda a gente tem computador, discriminando todos aqueles que, apesar da sua cultura, intelecto ou interesse, não têm acesso a meios para nela votar...
Para acabar este "desabafo", quero deixar uma crítica ao programa em questão: se eu quisesse palhaçada, ia ao circo. Num evento com esta importância (....) esperava ver mais informação sobre cada uma das Maravilhas, em detrimento de ouvir a Shakira , a "Tia Amélia" ou algum cantor que vendeu alguns discos a tentar ganhar a vida. Ainda para mais, um evento que misture o Cristiano Ronaldo com o  Neil Armstrong só tem um adjectivo para o classificar: ridículo!


Agora, indo ao que realmente importa, um artigo sobre as Sete Maravilhas do Mundo. Devo dizer que esta lista nunca foi votada, aparecendo inicialmente no trabalho do grego Antípatro de Sídon . Existe alguma informação sobre a existência de outras listagens realizadas na Antiguidade, mas infelizmente as suas componentes estão hoje perdidas.

O Colosso de Rodes, estátua de cerca de 30 metros de altura, adornava o porto da famosa cidade. Diz-se que esta estátua de Hélios era feita de bronze, apresentava numa das mãos uma tocha que servia de farol e estava situada acima da entrada para o porto, pelo que todos os barcos teriam de passar por baixo das pernas do deus.
Apesar da sua grandiosidade, esta estátua foi destruída por um terramoto menos de 100 anos após a conclusão da sua construção. Quanto aos seus vestígios, diz-se que foram vendidos a mercadores árabes, pouco tempo tempo após esta catástrofe.

A Estátua de Zeus em Olímpia era, de acordo com as descrições, uma figura com cerca de 12 metros de altura, feita de ébano e marfim. De acordo com as descrições, olhar para uma tal estátua fazia os mortais esquecerem todos os seus problemas, o que poderá ser uma interessante prova da sua beleza.
Tal como sucederia a muitos outros templos, também este teria todo o seu conteúdo destruído. Não se sabe as circunstâncias exactas, com grande parte dos autores a admitirem que pode ter sido destruída pelos cristãos, de modo a garantir um maior afastamento das religiões pagãs.

O Farol de Alexandria, com uma estrutura de cerca de 130 metros e cuja luz chegava a uma distância de mais de 50 Km , estava situado na ilha de Faros, perto do Egipto.
Por volta do ano 1350 d.C. a estrutura seria vítima de um terramoto, que eventualmente conduziria à sua destruição.

Os Jardins Suspensos da Babilónia, localizados no actual Iraque, eram um interessante complexo de terraços que apresentava os mais belos jardins da Antiguidade, apesar de ter sido construído no meio de um deserto. Infelizmente, pouco mais se sabe sobre os mesmos, até porque as provas da sua existência se remetem a documentos antigos.
Foram destruídos na sequência de um terramoto, por volta do século 1 a.C.

O Mausoléu de Halicarnasso (ou Mausoléu de Mausolo ) era um gigantesco túmulo feito para o falecido Mausolo pela sua mulher, Artemisia . Estava decorado com motivos da mitológicos grega em toda a sua extensão e, segundo reza a lenda, foi concluído mesmo após a morte da própria Artemisia , pelo que se tornaria não só um monumento aos dois amantes (como viria a acontecer , séculos mais tarde, com o Taj Mahal ) mas aos próprios construtores.
Situado na actual Turquia, foi destruído por um terramoto por volta do ano 1500 d.C., tendo os seus restos sido usados para a construção de outros edifícios. Hoje em dia os seus vestígios resumem-se a algumas pedras a assinalar o local.

Sobre a Pirâmide de Guiza , Guizé ou Quéops (entre outros nomes), não há muito que se lhes possa dizer. Como é óbvio, ainda por lá estão e podem ser facilmente visitadas, pelo que existe extensa informação sobre a mesma.

O Templo de Ártemis , situado na actual Turquia, era um dos maiores templos Gregos. Originalmente consagrado à famosa deusa da caça, apresentava mais de uma centena de colunas de uma altura mítica e uma lindíssima estátua da deusa. Segundo os relatos da época, o magnífico templo dava a sensação de chegar aos céus, sendo considerado por alguns como a mais bela de todas as Maravilhas.
Após sobreviver a séculos de conflitos, e por estranho que pareça, este templo foi destruído por um único homem, que em busca de fama eterna lhe pegou fogo. Assim, hoje em dia só os vestígios de uma única coluna do templo podem ser vistos no local.

É interessante constatar o destino geral destas Maravilhas - quatro delas foram destruídas por terramotos e duas pelo ser humano.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De felipe siqueira nunes a 23.03.2008 às 18:54

terminando a confusao,nenhum de vcs sao sabios,pois sabedoria que chega a agredir ao proximo nao é sabedoria e sim ignorancia,verdadeiramente suas mentes tao inteligentes nao conseguem fazer o mais simples que é amar e respeitar o proximo!fiquem com Deus!
Sem imagem de perfil

De É_que_sinseramente a 05.08.2007 às 19:13

Estúpido!!! O Cristo Rei português não é "tão lisboeta", é de Almada! Sabes onde é que fica ou isso não aparece nos livros de história nem na Internet?
Sem imagem de perfil

De paulo vajao a 03.08.2007 às 12:43

Caro amigo,fiquei muito contente com o seu comentario, é que na verdade e penso da mesma maneira só uns imbecis anglo-saxónicos tem ideias de promover as ditas "maravilhas" ao gosto deles e com honras de apresentação pelo pessoal cá do burgo que coitados de maravilhas até nem temos nada com que nos orgulharmos,certo?!!
a Torre de BELÉM NADA REPRESNTA PARA O MUNDO! ou a riqueza histórica de um povo que ,tanto deu ao mundo para agora servir de capacho a imbecis!
obrigado pela sua opinião e peço desculpas por não ser tão suave,mas estou fartinho de imagem tão portuguesa do coitadinho (isto é só um aparte)
um abraço
paulo
Sem imagem de perfil

De vercinguetorix a 03.08.2007 às 12:35

Pensso como tu tens toda a razão do mundo

Comentar post



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e dois anónimos interessados nestes temas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog