Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Este texto, anteriormente já atribuído tanto a Platão como a Luciano, é hoje de autoria desconhecida. Nele é abordado o tema do poder divino face ao poder humano, e toda a discussão parte de um misterioso som que o companheiro de Sócrates ouve, e que este segundo identifica como sendo o canto de um pássaro. Sobre esse pássaro, é então dito que era originalmente uma mulher cujo amado marido tinha morrido; procurando-o por toda a terra, foi depois transformada pelos deuses num pássaro, e continuou a sua busca nos céus.

 

Se este mito é sobejamente conhecido (é um dos muitos contado por Ovídio nas "Metamorfoses"), ainda assim este texto leva-nos a uma pergunta bastante interessante - poderiam os deuses realmente transformar uma mulher em pássaro? Como a Sócrates, também a mim me parece impossível conhecer os limites do poder divino, e portanto nada podemos concluir em relação a essa fabulosa questão.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog