Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje, ao ler uma das obras de Fílon de Alexandria, encontrei um segmento muito curioso:

 

Those beings, whom other philosophers call demons, Moses usually calls angels; and they are souls hovering in the air. And let no one suppose, that what is here stated is a fable, for it is necessarily true that the universe must be filled with living things in all its parts, since every one of its primary and elementary portions contains its appropriate animals and such as are consistent with its nature

fonte: "Sobre os Gigantes"

 

Claro que Fílon é um autor contemporâneo dos inícios do Cristianismo, mas esta admissão de que os demónios são (quase) o mesmo que os anjos é extremamente interessante, ao demonstrar que, originalmente, não existia uma conotação tão negativa para os primeiros, ou tão positiva para o segundos, como já por cá mencionei uma vez...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e dois anónimos interessados nestes temas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog