Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quando, após a perseguição do tempo de Décio, Acésio, bispo de Constantinopla, se recusou a receber de volta ao Cristianismo todos aqueles que tinham cometido pecados, a resposta de Constantino I merece aqui ser recordada: "Acésio, pega numa escada e sobe até aos céus sozinho".

 

Esta é uma frase que, no contexto do Novacianismo, tem muito que se lhe diga, mas também é uma frase que nos recorda das múltiplas transformações que, ao longo dos tempos e quase desde um primeiro instante, o Cristianismo foi sofrendo. Se, para algumas seitas cristãs da altura, o perdão era difícil de conseguir após o baptismo (ou impossível, como nesse Novacianismo), essa também era uma crença que, para um público mais geral, era demasiado difícil de conseguir aceitar, pelo carácter fraco do próprio espírito humano, destinado a errar mais cedo ou mais tarde. É essa constatação que Constantino I, aqui, parece fazer, já que opõe um potencial carácter "perfeito" da parte de Acésio ao carácter mais frágil, mas meramente humano, dos comuns mortais; enquanto que a primeira seria uma crença só para alguns, a segunda já era uma crença que dava para todos, e que, portanto, acabará por ser a adoptada pelo Cristianismo.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog