Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O mito de Édipo já cá foi falado antes (aqui), mas raras são as fontes que referem o porquê do ataque da Esfinge à cidade de Tebas. Segundo, porém, um escólio onde nos é contado parte dos antigos poemas épicos sobre este tema, existia uma razão para o ataque do invulgar monstro - Laio, rei de Tebas e pai de Édipo, tinha-se envolvido com outro homem (no contexto da história, esta seria a primeira de todas as relações homossexuais), e então Hera, enquanto deusa do casamento, enviou a Esfinge para vingar esse "inovação", se lhe podemos chamar tal.

 

É difícil saber até que ponto esta informação, atribuída a um "Pisandro", representava a visão original do mito. Sabemos, isso sim, é que se a Esfinge, e o seu episódio com Édipo, até é mencionado pelos mais diversos autores, ao mesmo tempo poucos são os que referem o porquê dessa presença, sendo esta opinião tão boa como qualquer outra que nos tenha chegado.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e dois anónimos interessados nestes temas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog