Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O quinto trabalho na sequência seguida por Pseudo-Apolodoro é pautado por alguma incerteza. Sabemos, efectivamente, que Hércules teve de limpar os estábulos dos imensos rebanhos de Áugias e que na sequência dessa tarefa o rei lhe negou um pagamento prometido, dizendo-lhe que era a sua tarefa fazer o que tinha feito sem esperar qualquer tipo de recompensa. Então, a personagem principal matou o rei e deu esse reino ao filho deste, Fileu.

É possível que tenha existido uma versão em que a figura faz todo o trabalho com as próprias mãos, mas nas versões mais famosas a situação tende a ser resolvida com o desvio de um curso de água próximo. A menção de que o herói tinha de cumprir a tarefa num só dia é mais recente que o resto da trama.

Deve também adicionar-se que graças ao facto do herói (possivelmente) ter empreendido esta tarefa por dinheiro, Euristeu lhe negou o crédito, acrescentando ao seu número original de 10 trabalhos mais um.

Hércules a desviar o rio

Este mosaico romano do século III d.C. parece mostrar um dos poucos exemplos deste trabalho representados na arte, até porque, de um ponto de vista mais realista, não haveria muito mais para ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.
Licença Creative Commons



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog