Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sobre esta expressão, aqui fica uma pequena tradução das linhas que Erasmo lhe dedica, nos seus Adágios:

 

"Antropos antropou lukos", o Homem é um lobo para o Homem. Quase o contrário da anterior [i.e. "Homo homini deus"] e aparentemente derivada da mesma, é uma frase de Plauto na Asinaria. Aqui somos avisados a não confiar numa pessoa desconhecida, mas a ter cuidado com ela como se de um lobo se tratasse. "O Homem é um lobo e não um homem", diz Plauto, "para aquele que nada sabe sobre o seu carácter".

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e dois anónimos interessados nestes temas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog