Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A história da figura de Molorco é simples - era um pastor que bem recebeu Héracles aquando do seu primeiro trabalho, e com quem o herói fez um sacrifício aos deuses.

 

A simplicidade deste pequeno mito poderia levar-nos, ainda assim, a uma questão maior, a do porquê da existência de mitos assim. E a resposta é, aqui, mais simples do que poderia parecer - teria sido esta figura a plantar o bosque de Nemeia, e a criar uma cidade dela próxima, a que deu o nome - levando-nos a concluir que este é um mito etiológico, ou seja, uma pequena história criada para justificar a existência de algo, aqui um bosque a uma cidade, bem como o nome da segunda.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog