Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nesta obra, João Lido propunha-se contar a história dos vários meses, bem como dos festivais que tinham lugar em cada um deles. A ideia seria, parece-me, a de escrever algo semelhante aos Fastos de Ovídio, mas esta obra é-lhe muito inferior, apesar de ter sido escrita quase meio milénio depois da de Ovídio.

 

Se, efectivamente, até preserva uma história da origem dos nomes dos vários meses, que nem sempre parece estar totalmente correcta, também é uma obra um pouco atabalhoada, no sentido que as secções relativas a cada um dos meses são confusas ao ponto de ser impossível compreender a relação entre os temas tratados (muitos deles mitológicos, e daí a referência a este texto por aqui) e os meses em que estão incluídos. E esse segundo ponto, infelizmente, acaba por desiludir bastante.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog