Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por muitos séculos que já tenham passado desde o tempo de vida de Píndaro, muitas das suas ideias ainda se mantêm nos nossos dias. Aqui fica um pequeno exemplo, que bem nos demonstra a eterna efemeridade da vida:

 

Efémeros! O que é alguém? O que não é alguém? Sonho de uma sombra:
O homem. Mas quando o brilho do dote divino vem,
A luz radiante sobrepaira nos homens e a vida se torna doce como mel.

Fonte

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog