Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Na literatura da Idade Média é sobejamente conhecida a história de como o unicórnio, quase sempre representado como um cavalo com um corno no meio da testa, só pode ser capturado com o auxílio de uma virgem. Múltiplas imagens medievais mostram até o momento em que a virgem abraça o animal e a forma como um caçador próximo deste o fere nesse preciso instante.

Unicórnio a ser atacado

Uma história mais feliz conta-nos Tzetzes. Segundo ele, um unicórnio podia ser capturado fazendo um homem vestir roupa feminina, devendo ele estar ungido com os melhores perfumes. Depois, o homem apenas teria de abraçar o animal e os caçadores poderiam cortar-lhe o corno, deixando o animal fugir. Isto bastaria para obter o corno, que era então usado pela sua resistência aos venenos.

Portanto, contrariamente ao que muitas histórias medievais nos poderiam fazer crer, não era absolutamente necessário matar a tão-singular criatura!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.
Licença Creative Commons



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog