Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Aquiles

13.08.04

Herói grego, filho de Peleu e Tétis, a ninfa marinha. Zeus ambiocionara Tétis, mas ao saber que ela daria a luz a um filho superior ao pai, cedeu-a a um mortal. As Parcas prognosticavam que o filho morreria cedo, então ela decidiu mergulhá-lo nas águas do lago Estige, a fim de torná-lo invulnerável, excepto o calcanhar que foi por onde ela o segurou. Ele tornou-se um jovem famoso e forte, o mais veloz nas corridas. Quando eclodiu a guerra de tróia, Tétis escondeu-o na corte de Licomedes, onde Ulisses iria se apresentar fingindo ser mercador de armas e joias, o qual identificou Aquiles. Mais tarde Aquiles marchou com os gregos sobre Tróia e tornou-se o mais famoso guerreiro. No décimo ano da luta, capturou a jovem Briseida, que lhe foi arrebatada por Agamémnon, chefe supremo dos gregos. Retirou-se da guerra mas foi persuadido a ceder seu amigo Pátroclo com sua arma e seus guerreiros. Este foi morto por Heitor, filho do rei Príamo. Sedento de vingança, reconciliou-se com Agamémnon, retornou a luta, matou Heitor e arrastou o seu cadáver em torno da sepultura de Pátroclo. Príamo veio pedir-lhe o corpo do filho e Aquiles atendeu-o. Pouco depois Páris, irmão de Heitor lança-lhe uma flecha envenenada que foi dirigida por Apolo e acertou no seu calcanhar, matando-o. Histórias sobre ele encontram-se nas obras Ilíada e Odisseia.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog