Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Esta história, contada por Lactâncio, parece-me interessante o suficiente para ser recontada por cá. Após a criação do Homem, e os eventos que tomaram lugar no Jardim do Éden, a Humanidade vai-se tornando cada vez mais imoral, e Deus decide mandar alguns anjos para instruir a Humanidade e protegê-la do mal. Deu a esses anjos ordens para se absterem de tudo o que era terreno, mas a serpente seduziu-os, como fez com os primeiros homem e mulher, levando-os ao pecado, o que os tornou nos daemones que, com uma nova substância, seriam os venerados nas religiões da Grécia e suas semelhantes. Versões semelhantes a esta ocorrem em vários outros autores, mas esta é a única, de que me lembro, em que a ligação entre a criação divina original e os deuses dos Gregos é posta de uma forma tão directa e tão bem explicada. Claro que, como é hábito, isto nos leva à questão do mal, da criação da serpente, mas esse tema não é para aqui, não agora.

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta é, sem margem para dúvidas, uma das mais interessantes obras que tive oportunidade de ler nos últimos meses. Nela, Plutarco fala da religião dos Egípcios, e apesar da sua informação nem sempre ser correcta (isto é óbvio até para alguém que, como eu, não sabe tudo sobre a religião em questão), ele menciona todo um conjunto de informações preciosíssimas, talvez únicas nos autores da Antiguidade que nos chegam.

Conta, por exemplo:
- Como foi o primeiro evento de pânico;
- Estranhas representações pictóricas;
- A história dos dois deuses do Zoroastrianismo;
- A confusão dos Gregos com seus deuses, em particular o facto das estátuas serem, eventualmente, vistas como deuses, mais do que como meras representações destes;
- O mito de Tífon, em que os deuses gregos fogem para o Egipto e se disfarçam de animais;
- E muitas outras, que nem me atrevo a tentar reproduzir...

Em verdade digo que este é, sem qualquer dúvida, um daqueles livros que DEVEM ser lidos, e apesar de não ser tão pequeno como outros deste mesmo autor, dada a riqueza da informação por ele facultada este é aqui um ponto positivo, mais que negativo.
Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog