Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

12 de Fevereiro, 2018

A cidade da não-comunicação

Esta história é-nos contada por Cláudio Eliano. Segundo ele, existiu em tempos uma cidade em que um tirano tinha imenso medo de conspirações e potenciais atentados à sua vida. Então, decidiu impor uma lei segundo a qual os habitantes não poderiam falar uns com os outros, fosse em público ou em privado.

Desconhecemos como o tirano poderá ter assegurado a segunda parte dessa sua lei, mas a população acabou por aceitá-la. Em alternativa, os cidadãos começaram então a comunicar através de gestos, resolvendo as suas necessidades diárias como se de charadas se tratassem. Mas, inesperadamente, este bloqueio de comunicação verbal ainda não era suficiente para o tirano - ele passou a pensar que, mesmo através de gestos, ainda seria possível aos cidadãos conspirarem contra si. E então, decidiu criar uma outra lei, esta que impedisse qualquer espécie de gestos corporais.

Visto que seria (quase) impossível aos cidadãos viverem desta forma, um deles, potencialmente deprimido, dirigiu-se para o mercado e começou a chorar. Um segundo juntou-se a ele. Um terceiro, e assim por diante. Logo que soube do que se passava, o tirano dirigiu-se ao mercado com alguns soldados, para tentar matar os culpados de um tão estranho evento. Contudo, os cidadãos revoltaram-se, agiram primeiro, e mataram o tirano, recuperando toda a sua liberdade original!

 

Esta história, que até poderá ter um pequeno fundo de verdade, atesta-nos a capacidade humana para se adaptar face às adversidades. Como comunicar, quando não é possível fazê-lo da forma que mais esperávamos? Fica essa breve questão em que se pensar.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, no Facebook (novo), ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.