Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

21 de Fevereiro, 2020

A lenda da Cadeira do Diabo

A lenda de hoje vem de Espanha, mais precisamente de Valladolid:

 

Em meados do século XVI desapareceu uma criança em Valladolid. Os habitantes da cidade muito procuraram pelo desparecido, até que um deles ouviu estranhos barulhos vindos da casa de um tal "Andrés de Proaza", estudante de Medicina e supostamente tanto português como judeu. Em busca de respostas, entraram nessa casa e viram Andrés sentado numa cadeira, enquanto que na mesa próxima estavam os corpos dissecados da criança desaparecida e de diversos animais.

Andrés contou aos presentes que tinha feito um pacto com o Diabo e que este lhe tinha dado uma cadeira com poderes sobrenaturais - quem nela se sentasse ou receberia todo o conhecimento do mundo, ou acabaria morto em três dias.

Face ao abominável pacto, ou talvez pelos seus crimes bem reais, Andrés foi morto na forca, mas ninguém parecia saber o que fazer com a cadeira, temendo-se que a sua destruição levasse aos mais diversos malefícios. Então, ela foi passando de mão e mão até aos nossos dias, dizendo-se que todos aqueles que nela se sentaram morreram pouco depois.

A Cadeira do Diabo

Existem outras versões da história, nomeadamente em que é dito que só morreria quem nela se sentasse e não tivesse perfeitos conhecimentos de Medicina, mas contamos aqui apenas o essencial da história.

A infame cadeira pode ser vista na imagem acima, mas atente-se a um pormenor delicioso, o facto de uma pequena corda dificultar que alguém se tente sentar nela. Estará ela realmente embruxada pelo diabo? Fica o convite de que quem passar por essa cidade espanhola visite o Museu do Palácio de Fabio Nelli e faça a tentativa.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.