Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

09 de Dezembro, 2021

A lenda de Benkei e a ponte

A lenda de Benkei e a ponte é muitíssimo conhecida no Japão... mas porquê contá-la em Portugal? Uma e outra vez, andámos para trás e para a frente com o tema, até que acabámos por reencontrá-la de diversas formas aquando das nossas pesquisas. Depois, um dia, na ponte em que se diz que tudo tomou lugar, em Quioto, acabámos por perceber que esta é uma história culturalmente significativa, pelo que tínhamos mesmo de a contar por cá. Mas fomos adiando e adiando... até hoje! Vamos a isso?

A lenda de Benkei e a ponte

São muitas as lendas que se associam a Benkei na cultura japonesa. O que elas têm sempre em comum é o facto de dizerem que se sabia desde tenra idade que ele era "diferente", acabando ao longo dos anos até por atingir mais de dois metros de altura, algo extremamente invulgar no Japão.  Depois, ao longo dos naos, treinou as suas artes entre criaturas místicas, aprendeu a usar as sete armas mais famosas da sua época, tornou-se monge, viveu entre os ascetas da floresta, e tantas outras coisas muito impressionantes...

Um dia, por razões que variam mediante as versões da lenda, Benkei decidiu ocupar uma ponte e combater contra todos os samurais que se aproximassem, com o objectivo de vencer 1000 e conquistar as suas espadas*. Fê-lo uma vez. Duas. Três. Vinte. Cem. Duzentas. Quinhentas. Setecentas. 999 vezes... e depois, quando só lhe faltava uma única espada para conquistar o seu objectivo, deparou-se com um jovem no seu caminho. Depressa deu, na sua imaginação, a batalha como ganha, mas... acabou por perdê-la, como mostra este pequeno filme com pouco mais de 80 anos!

Se toda a situação que tomou lugar nesta lenda de Benkei e a ponte é até um pouco satirizada neste desenho animado, o que as várias versões da história a que tivémos acesso deixam claro é que o jovem - se quiserem saber o seu nome, ele era Ushiwaka, mais tarde conhecido como Minamoto no Yoshitsune - venceu o seu enorme opositor não pela força (como tantos outros tinham tentado), mas pela astúcia, ou pelo facto de ter treinado com um Tengu (uma criatura mitológica japonesa que vive nas florestas, e que pode ser vista no princípio do vídeo acima). Então, o enorme combatente, verdadeiramente impressionado, juntou-se ao jovem que o derrotou e serviu-o durante muitos anos. Muito anos mais tarde, este herói lendário viria até a falecer a proteger este seu mestre, cravado por dezenas de flechas, num outro episódio famoso da sua lenda... mas que já ultrapassa o tema de hoje!

 

O que esta lenda de Benkei e a ponte tem de especial, em termos da sua ligação à cultura ocidental, é o facto de ela aparecer, de forma adaptada, em diversas séries manga e anime, bem como em muitos videojogos de inspiração japonesa. Quando, por exemplo, se vê um combatente enorme, e quase sempre até muito musculado, a ser derrotado por alguém muito pequenino, numa espécie de reedição do episódio bíblico de David e Golias, esse momento é, na cultura japonesa, uma espécie de reedição desta lenda que aqui recordámos hoje, e que é tão bem conhecida que uma estátua do episódio lendário pode ser encontrada nas imediações da respectiva ponte de Quioto, no Japão. Por isso, se um dia passarem por lá, não se esqueçam de todo este encontro bem famoso entre os Japoneses...

 

 

*- Neste contexto, porque não recordar até o histórico Passo Honroso ocidental, de que já cá falámos há alguns anos e que até faz lembrar esta lenda nipónica?

Gostas de mitos, lendas, livros antigos e muitas curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é grátis e irás aprender muitas coisas novas!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.