Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

05 de Outubro, 2020

A lenda do Traga-Mouros

Existem, no passado de Portugal, um conjunto enorme de histórias que nos transportam para a Reconquista Cristã. Já cá falámos de muitas delas antes, e certamente que também voltaremos a elas no futuro, mas o simples nome de uma lenda do Traga-Mouros conduz-nos, de uma forma quase automática, para esse mesmo imaginário, em que até se atribuem ao herói poemas como o seguinte:

A lenda do Traga-Mouros

Se, por um lado, a maior parte das pessoas talvez tenha alguma dificuldade em ler este poema, atribuído (falsamente) a Gonçalo Hermingues, também conhecido como o Traga-Mouros (supõe-se que pela sua ferocidade nos combates contra os infiéis), por outro é fácil reconhecer nele um grito repetido por uma "Ouroana" nos seus últimos versos. E, de facto, é mesmo disso que fala a história que aqui contamos hoje.

 

A lenda de Gonçalo Hermingues, do Traga-Mouros, da Princesa Fátima ou de Oureana*, diz-nos que este combatente cristão se apaixonou por uma princesa moura, que também o amava. Como é comum nestas histórias, o pai da mesma opôs-se veementemente ao casamento, e então tudo parecia perdido. Até que, um dado dia, quando a princesa participava num evento, o seu amante decidiu raptá-la. Seguiu-se um combate feroz, em que se diz que o herói cristão até acabou por matar o pai de Fátima.

Depois quiseram casar, e foi pedida permissão a Afonso Henriques para tal - aparentemente, isso era necessário face às suas religiões. Ele deu-a, sob a condição de que a jovem princesa Fátima se convertesse à religião cristã. Quando o fez, adoptou então o nome cristão de Oureana. Por isso, diz agora o povo que foi esta princesa que deu nome a Fátima, onde os amados viveram antes de casarem, mas também a Ourém, para onde foram viver depois de se unirem nos laços de matrimónio. E assim se explicam os nomes de duas outras localidades portuguesas...

 

 

*- Esta lenda, que parece ser sobejamente conhecida, é-o sob nomes muito diversos.

Gostas de mitos, lendas, livros antigos e muitas curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é grátis e irás aprender muitas coisas novas!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.