Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Maria e o Anjo

Um dos grandes mistérios de Bíblia, tal como a temos nos nossos dias, é a forma como Maria, mãe de Jesus, engravidou e deu à luz mantendo-se virgem. Claro que existem, ao longo dos séculos (e até nos nossos dias), outros exemplos de mulheres que engravidaram ainda virgens, mas se a cesariana já existia nos inícios da nossa era (Solino diz-nos que o nome foi popularizado por César ter nascido através dessa técnica), nada no texto bíblico nos diz que foi assim que o filho nasceu. O que nos leva, por isso, a uma questão intrigante - como foi Jesus concebido, e como foi possível que ele nascesse sendo mantida a virgindade de Maria?

 

A resposta que um padre vulgarmente nos dará é que "foi milagre". Sim, a um deus omnipotente tudo seria possível, até a manutenção da virgindade de uma mulher após um nascimento, mas essa pseudo-resposta é também muito pouco satisfatória, até porque se abriria a caricata possibilidade de se poder dar igual resposta a toda e qualquer questão bíblica.

Em alternativa, ao longo dos séculos foram sugeridas alternativas. A mais interessante delas, e aquela que trazemos aqui hoje, diz que Maria engravidou pela orelha, e que o próprio filho nasceu, também ele, pela mesma orelha da mãe. Não fazemos qualquer ideia dos potenciais fundamentos biológicos necessários para tal, mas a ideia desta estranha concepção já aparecia em autores como Efrém da Síria (século IV), numa dada altura até apareceu representada na arte, e o nascimento de Jesus de forma semelhante ocorre, pelo menos, num texto cátaro (i.e. da Idade Média).

 

Claro que esta é uma resposta muito estranha, mas parte do cumprimento de uma pseudo-profecia presente no Antigo Testamento. É, por isso, uma possibilidade como qualquer outra, rementendo-nos, como é muito frequente nestes casos, para o reino exclusivo da fé...

Licença Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog