Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

16 de Outubro, 2020

O mito de Príapo

Falar sobre o mito de Príapo implica necessariamente uma espécie de auto-censura, na medida em que o principal atributo deste deus poderá ser considerado ofensivo para algumas das audiências dos nossos dias. Isto porque esta figura divina é muito fácil de reconhecer na maior parte das suas representações iconográficas, devido ao facto de ser sempre representado com um órgão sexual que faria inveja aos maiores actores pornográficos masculinos dos nossos dias.

O mito de Príapo

Mas então, quem é este deus Príapo? Era um deus menor, filho de Afrodite e Dioniso (entre outras versões), associado essencialmente aos campos de cultivo, jardins e ás outras actividades ligadas a estes. Essa relação será fácil de explicar, dada a facilidade que o deus teria em fertilizar tudo o que se lhe cruzasse, muitas vezes sem qualquer respeito pela palavra "consentimento". E, na verdade, dois mitos associados a este deus até falam desse seu carácter violador!

Num deles, Príapo encontrou uma deusa a dormir num campo. Motivado pelo seu apetite sexual infindável, pensou em violá-la, e estava até prestes a fazê-lo quando um burro se pôs a zurrar, acordando-a e fazendo-a fugir, gerando igualmente um ódio eterno do deus por esse animal. Num outro, o deus quis violar a ninfa Lótis, e esta fugiu dele até que acabou por se transformar numa flor - é, naturalmente, mais um mito de Ovídio, e que até poderia não existir antes da escrita das suas Metamorfoses.

 

Outro aspecto interessante ligado ao deus Príapo é o facto do seu culto - se é correcto chamar-lhe isso - ter continuado muito após a queda de Roma. É muito provável que já não se conhecessem os seus antigos mitos, mas a singular forma como era utilizado nos campos - seja como um homem com um pénis enorme, ou apenas como um pénis parcialmente antropomórfico - continuou a ser utilizado com um carácter mágico, que se supunha proteger os campos das doenças, dos ataques das pestes e pássaros... quase como se de um antigo espantalho se tratasse!

 

Por fim, quem quiser mesmo saber mais sobre Príapo na Mitologia Grega e Latina pode sempre ler uma colecção de poemas (pornográficos) que lhe é dedicada, a Carmina Priapea, em que este deus tem sempre um papel muito principal. É uma colecção que nos deixa muito claro o verdadeiro carácter da figura original, bem como a forma como a sua própria sexualidade se ligava aos campos de cultivo que defendia...

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.