Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tanto os Gregos como os Romanos parecem ter tido um enorme fascínio com a origem das coisas. Em muitas das suas obras históricas existem repetidas referências ao inventor, ou propagador, das mais diversas artes. O que nos leva a uma questão - afinal de contas, quem inventou o dinheiro?

 

Por estranho que pareça, essa é uma das origens que é muito pouco referida. Porém, a Farsália, de Lucano, faz-lhe uma pequena referência, dizendo que foi Ionos - rei da Tessália e uma figura bastante obscura, sobre a qual quase nada conseguimos descobrir - o primeiro a dar forma aos metais, fazendo moedas de ouro e conduzindo os homens à avareza e à guerra.

 

Será a informação de Lucano fidedigna? Será que os Gregos e Romanos acreditavam que tinha sido este Ionos o criador do conceito e forma do dinheiro? Isto não tem uma resposta simples, já que grande parte dos autores, como já referimos, tendem a ignorar esta criação em específico, não parecendo existir fontes muito concretas que possam refutar a ideia. Por isso, teremos de nos resumir a um singelo talvez, à mera possibilidade de que tenha sido ele a fazê-lo.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.
Licença Creative Commons



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog