Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Incêndio de Tróia

Na imagem acima pode ser vista uma pintura representando a queda de Tróia que é hoje pertença da Biblioteca Nacional de Portugal (mais informação pode ser lida clicando na imagem), e que parece ser datada do século XVII. O que ela tem de especial é mesmo o facto de representar a queda da cidade recorrendo aos seus elementos mitológicos mais famosos:

  1. A torre da cidade, onde ocorreram diversos diálogos e de onde Astíanax foi atirado.
  2. As famosas muralhas que protegiam Tróia.
  3. O Cavalo de madeira, usado pelos Gregos para a invasão da cidade.
  4. (Provavelmente) O templo em que estava guardado o Paládio.
  5. Os esgotos da cidade, por onde Ulisses entrou aquando do roubo do Paládio.
  6. Eneias, com o pai às costas e o filho a seu lado.
  7. O barco que Eneias irá tomar para escapar de Tróia.
  8. Um enorme edifício em chamas, podendo tratar-se do palácio real.

 

Esta é uma representação da queda de Tróia tal como esta acontecia na Eneida, focando-se mais na dor dos derrotados do que na felicidade dos vencedores. Os Gregos, esses, remetem-se a meros vultos que saem do cavalo, como que anunciando, desse lado esquerdo, a destruição posteriormente concretizada no resto da pintura. É um quadro repleto de significado, de que esperamos que gostem!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Espaço da autoria de Ovídio Silva (Doutorando em Clássicas), e de um anónimo interessado nestes temas.
Licença Creative Commons



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog